1970

Posse do Prof. Segismundo Gontijo para o Conselho da OAB/MG, com a presença do Gov. Francelino Pereira.

 

1979/1980 Segismundo representa a OAB/MG, na Comissão, Instalação e Funcionamento do novo prédio do Fórum Lafaiete”, de cuja construção foi o idealizador e incentivador.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALGUMAS DAS CONFERÊNCIAS DO PROF. SEGISMUNDO GONTIJO NA DÉCADA DE 70:

  • V Conferência Nacional dos Advogados, no Rio de Janeiro, em 1974
  • VI Conferência Nacional dos Advogados, em Salvador, em 1976
  • VII Conferência Nacional dos Advogados, em Curitiba, em 1978.
  • De fevereiro de 1974 a outubro de 1975 ele preside o Seminário de Estudos do Código de Processo Civil dos Juízes e Advogados de Minas Gerais, realizado durante 20 meses, para a uniformização da sua prática no Estado, no auditório do Tribunal Regional Eleitoral, promovido pela OAB/MG. É condecorado com Placa de prata pelos Debatedores e Participantes do seminário, como reconhecimento por sua tenacidade e capacidade de liderança como idealizador e moderador dos debates.

ARTIGOS DO PROF. SEGISMUNDO GONTIJO

publicados em jornais e revistas de grande circulação no país, transmitindo aos leitores seus ensinamentos e conhecimentos  jurídicos, especialmente no tocante ao Direito de Família. Destaca-se sua contribuição por mais de 20 anos com a coluna dominical “Direito da Mulher”, do Caderno Feminino do Jornal Estado de Minas.

  • Divorciar certo, série de cinco artigos, publicados pelo jornal Estado de Minas, de 17/7 a 7/8/77.
  • O Casamento, série de seis artigos, publicados pelo jornal Estado de Minas, de 14/8 a 18/9/77.
  • Fluxograma da Prática da Lei do Divórcio, distribuído pela Escola Judicial Edésio Fernandes, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, para os  juízes do Estado e pela Associação
    Mineira do Ministério Público para os promotores e procuradores de justiça, 1978.
  • A Adoção no Brasil, série de 9 artigos, publicados pelo jornal Estado de Minas, de 23/7 a 10/9/78.
  • Os Deveres do Casamento, série de 4 artigos publicados pelo jornal Estado de Minas, de 1º/10 a 26/11/78.
  • A Lei do Divórcio, série de 20 artigos, publicados pelo jornal Estado de Minas, de 18/12/77 a 7/5/78.
  • Prática da Lei do Divórcio, livro editado pela LEMI, em 1979, e esgotado em 90 dias.
  • A Nova Lei de Locação, série de 3 artigos, publicados pelo jornal Estado de Minas, de 10 a 24/6/79.

CONDECORAÇÕES AO PROF. SEGISMUNDO GONTIJO

MEDALHAS DE HONRA AO MÉRITO

  • como Personalidade Jurídica de Minas Gerais, pela Associação Mineira de Rádio e Televisão, em Belo Horizonte, em 08/12/75;
  • Destaque como Melhor Advogado do Cível, pelo Jornal de Minas, em Belo Horizonte, em 08/12/75; pela Associação Mineira de Rádio e Televisão, em 12/12/76 e pelo Clube dos Advogados de Minas Gerais, em 18/12/76.
  • Medalhão de ouro Honra ao Mérito Dr. João Perboyre Starling, pelo Clube dos Advogados de Minas Gerais, em 28/12/75.
  • O Globo, pelo Jornal Diário da Tarde e Jornal de Minas, em 12/12/76.
  •  Personalidade Judiciária do ano de 1979 em Minas Gerais, pelo Clube dos Advogados de Minas Gerais, em 08/12/79.

TROFÉUS E PLACAS DE PRATA

  • Troféu Coruja de Ouro, como Melhor Advogado do Cível, pelo jornal Detetive, de Belo Horizonte, em 27/12/1975.
  • Placa de prata como Melhor Advogado do Cível pela Associação Mineira do Ministério Público, em 27/12/75.
  • Placa de prata da Comunidade do Mercado Central de Belo Horizonte, em agradecimento pela vitória judicial para a sua implantação, em 09/05/77.
  • Placa de prata pela Turma de Bacharelandos/paraninfos, da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, em 28/06/78.
  • Placa de prata do Clube dos Advogados de Minas Gerais, como “Personalidade Judiciária de 1978 em Minas Gerais”, em 19/12/78 e Placa de prata do jornal Detetive como “homenagem especial por sua tenaz luta pela construção do novo Fórum de Belo Horizonte”, em 19/12/78.